Entrevista da revista TenAsia 10+Star com o MAMAMOO.

MAMAMOO é capa da revista “10+Star”, tendo 22 páginas de conteúdo. A matéria marca a primeira capa de 2018 da revista.

P: Vocês são um grupo que debutou há cinco anos.

SL: Não parece real. Ainda sinto que acabamos de debutar. Em qualquer lugar em que vamos, parece que ainda somos as maknaes. Então, dizer que já faz cinco anos… Soa nojento. (Todo mundo ri)

P: Vamos olhar para o ano que passou. Qual foi a coisa mais memorável?

WH: Primeiramente, como um grupo, nossa música “Yes I Am” recebeu muito amor. Todos os membros, incluindo eu mesma, participaram em músicas, lançaram faixas solo ou OSTs. Já que já mostramos nossa própria música, esperamos que elas se tornem presentes para nossos fãs.

HS: Ter nosso primeiro concerto solo, o “Curtain Call”. Nós nos apresentamos em Seul durante março e em Busan em agosto. O concerto foi uma época em que todas as coisas que o MAMAMOO fez, floresceram como flores, então o significado é diferente.

SL: Para mim, nosso concerto foi o mais memorável. Ele consiste em todas as nossas alegrias e tristezas. Apesar de termos nos apresentado apenas por alguns dias, o tempo de preparação durou meses. O momento em que a cortina foi levantada, ao ver vários MOOBongs na plateia, eu fui esmagada pelos momentos ruins que tivemos enquanto nos preparávamos. (Ri) Por outro lado, pensar que havia tantas pessoas que vieram por nossa música me fez chorar também. Nossa primeira cerimônia de fanclub MooMoo (Piquenique Live) também foi inesquecível. Fomos capazes de nos comunicar com os fãs, jogar, e passar um tempo com eles, então foi agradável.

P: Durante o concerto, vocês choraram quando os fãs levantaram as plaquinhas que diziam “Never Letting Go”?

SL: É uma frase com história. Foi durante uma transmissão ao vivo quando debutamos. Além dos nossos fãs, havia muitos fãs de outros cantores que se reuniram lá. Em meio a isso, os MooMoos prepararam o evento de slogan para nós com a frase “Never Letting Go”. Naquele momento, eu fiquei tão comovida que chorei. (Ri) Inspiradas por aquilo, nós, eventualmente, fizemos uma música com o título “Never Letting Go”. Depois de anos, quando eu vi essa frase novamente no concerto, tudo o que aconteceu nesse espaço de tempo começou a passar pela minha mente, o que me fez chorar.

HS: Sempre que nos apresentamos, nossos fãs nos emocionam assim. (Ri) Graças a eles, todos os momentos que passamos juntos podem ser lembrados através dos eventos.

P: Um forte relacionamento com seus fãs pode ser notado.

SL: Durante nossa época de debute, nós não recebiamos muita atenção. Então, nossos fãs são aqueles que ficaram ao nosso lado e assistiram nosso crescimento pouco a pouco. Consequentemente, nós damos nosso melhor para nos comunicarmos com eles. Nós ouvimos suas opiniões e criamos oportunidades para encontra-los frequentemente em quando é em uma escala menor. Nós fizemos fanmeetings e uma Festa do Porco Frito. (Ri) Por causa disso, nós fomos capazes de construir um relacionamento firme com nossos fãs.

P: Vocês têm sido escolhidas como modelo a ser seguido por muitos rookies ultimamente. Como vocês se sentem?

Todas: Ey ~ (O MAMAMOO, que não acreditou nisso, respondeu com repetidos “Sério?”)

MB: É porque nós não ouvimos sobre essa pessoa… (Ri) É fascinante. Até mesmo nós temos modelos também. Quando debutamos, sempre que encontrávamos nossos modelos sunbaes, meu coração acelerava e eu pensava “Sim, eu me inspirei a ser cantora por causa desse sunbae”. Agora que somos modelos para os novatos, eu sou grata e me sinto grata. Eu também sinto a responsabilidade de me sair ainda melhor no futuro.

SL: Eu sou grata. Parece uma prova de que nós trilhamos o caminho que escolhemos até agora com sucesso, então estou feliz.

P: Há algo que vocês queiram dizer para os novatos?

HS: Sinto-me envergonhada então não sei o que dizer. (Ri) Eu entendo perfeitamente o coração dos novatos que acabaram de começar. Eu só quero dizer que eles já são bons o suficiente agora.

P: Quando você pensa em “MAMAMOO”, você pensa em um “Grupo que brinca bastante no palco”.

SL: Obrigada por pensarem isso de nós. Em contrapartida, quanto mais expectativa se cria em cima de nós, mais nós nos sentimos sobrecarregadas. Nós sempre nos preocupamos ao pensar que precisamos mostrar novas performances no palco. Mas graças a isso, parece que estamos crescendo pouco a pouco.

MB: Consequentemente, todos os dias são um desafio para nós. Parece que estamos conduzindo missões, já que temos que preparar improvisos para cada performance. É impossível derrubar o nosso nervosismo.

P: Graças a esses improvisos únicos, vocês foram convidadas para se apresentarem no 37º e 38º Blue Dragon Film Awards.

MB: Me disseram que nós fomos as primeiras a serem convidadas por dois anos consecutivos. É uma honra. Quando aparecemos em 2016, dissemos a nós mesmas que não cometeríamos erros; Já na segunda aparição, nós tivemos o fardo de sermos divertidas com os improvisos, então eu fiquei nervosa. (Ri)

P: Como vocês fazem para superar a pressão e criar performances inovadoras todas as vezes?

WH: Não há nada a se fazer além de nos unirmos. Nada pode ser feito para aliviar a pressão. O nervosismo antes de subir no palco se tornou uma força entre nós. (Ri) Isso pode ser meio fora do assunto, mas o vazio bate mais quando temos compromissos solo.

SL: O nervosismo nos ajudou a criar performances ainda melhores. Os fãs que riem enquanto assistem nossas performances nos dão força também. Se vermos que os fãs estão se divertindo, nós também vamos nos divertir ainda mais.

P: Vocês deixam uma impressão muito forte por serem radiantes e alegres, por isso foram apelidadas de “Beagle Idols”. Vocês se sentem pressionadas por isso?

SL: Nós nos preocupamos muito com isso. Na TV, nós deixamos a impressão de sermos divertidas, nós brincamos bastante, mas na vida real somos muito tímidas.

WH: Há varias pessoas que estranham nosso lado sério e quieto. Às vezes, eu me sinto frustrada com isso também. Em qualquer lugar que vamos, as pessoas reagem dizendo “Ei, você é realmente o MAMAMOO?” Se ficamos quietas, outros perguntam se estamos doentes. (Ri) Eu também me tornei relutante em conhecer pessoas novas. De qualquer forma, já que muitas pessoas nos acham radiantes e alegres, eu aceito isso gratamente como um todo.

HS: Essa é uma parte da vida que eu preciso enfrentar. Não podemos explicar a todos quem realmente somos e o que iremos fazer.

P: O estado atual de vocês é muito diferente do que vocês esperavam quando debutaram?

MB: Até agora, nós seguimos o que imaginávamos desde o começo. Mas, claro, nós fomos atingidas com dificuldades inesperadas também. Eu fui acusada de “Ser uma cantora só porque ouviu certas palavras”… Por causa desses exageros, eu imagino a que ponto eu posso me adequar a cor que desejamos.

P: O que foi difícil para você?

MB: Quando debutamos, eu passei por muitos mal entendidos. Quando éramos trainees, nós podíamos expressar nossas opiniões ativamente. Se é relacionado a música ou roupas, nós participamos pessoalmente. Porém, não é o caso fora da companhia. Como rookie, é difícil espalhar sua própria voz. No inicio, nós ouviamos que éramos “arrogantes”. Agora, várias pessoas nos entendem mais. A fim de produzir resultados melhores, eu não planejo parar de expressar minhas ideias.

P: O CEO da RBW Kim Do Hoon mencionou “O MAMAMOO não vai permanecer como “Idols que brincam bastante”.

WH: Nós acreditamos em algo parecido. Somos amadas por termos uma imagem divertida e radiante, mas agora, nós desejamos apelar mais em termos musicais. Porque somos pessoas que fazem musica por muito tempo, nós desejamos mostrar nossa transformação naturalmente. Sendo assim, o ano que está vindo é muito importante. Comparado com o passado, eu quero mostrar a vocês nosso crescimento musical.

P: Vocês devem se preocupar muito com as novas músicas que estão por vir.

WH: É nossa tarefa agora não perder nossa modernidade enquanto tentamos diferentes gêneros musicais. O que eu espero é que o MAMAMOO evolua para um grupo refinado e de alta classe.

MB: Não é tão claro como dizer que queremos mudar nossas imagens. Fazer mudanças repentinas pode criar antipatia. Se for como um grupo ou solo, nós devemos mostrar diversos lados, pouco a pouco, através de vários caminhos e conteúdos, até que sejamos capazes de dizer com orgulho “Esse é o MAMAMOO”. Mas, os padrões das pessoas cresceram então eu fiquei mais estressada. (Ri)

P: A Solar participou da música “Charm of Life” do Super Junior.

SL: O fato dos sunbaes terem me convidado para fazer isso já é uma honra, e foi divertindo gravar. As piadas da música se encaixavam bem, então foi agradável.

P: A MoonByul lançou a faixa solo “Love & Hate” no mini álbum “Purple” – É uma música do grupo com cores diferentes.

MB: Originalmente, eu não era rapper, mas minha posição mudou quando me juntei ao grupo. Eu queria mostrar meu vocal através da música “Love & Hate”. Eu apresentei ela primeiro no nosso concerto. Nós decidimos incluir no álbum por causa da boa reação dos fãs. No futuro, eu planejo lançar mais músicas R&B hip hop como “Love & Hate”.

P: A HwaSa lançou um cover paródia da música “Blurred Lines”, do Robin Thickes, chamada “Pink Panties” no inicio da carreira, e recebeu boas reações. Quando seremos presenteados com uma faixa solo similar a essa?

HS: Eu tenho trabalhado constantemente em músicas, mas não tenho certeza se haverá uma música tão criativa quanto “Pink Panties”… (Ri)

P: A WheeIn participou em várias colaborações, de Jungkey a Heechul do Super Junior. Qual é o seu segredo para receber incontáveis convites carinhosos?

WH: Eu preciso dizer isso coma minha própria boca? (Ri) Durante meus dias de trainee, eu me preocupava muito com a minha voz. Eu achava comum demais. Naquela época, nosso CEO me disse que eu tinha uma voz que se encaixava em qualquer gênero, e que eu não devia me colocar para baixo por causa disso. Ainda assim, eu continuava não satisfeita comigo mesma. Agora, eu finalmente entendo o que meu CEO me disse. Minha voz agora se tonou uma força na qual me agarro.

MB: A WheeIn geralmente escuta muita música de diferentes tipos. Portanto, ela conseguiu desenvolver uma voz que se encaixa em vários gêneros. Ano passado, a música “Anymore” do Jungkey na qual WheeIn participou, até ganhou o 1º lugar no Inkigayo. Eu fiquei tão surpresa quando vi na TV. Nosso bebê estava por aí sozinha ganhando o 1º lugar, então eu fiquei muito orgulhosa. Ela também foi a primeira do MAMAMOO a vencer sozinha, então eu fiquei muito orgulhosa. (Ri)

P: Vocês fizeram showcases no Japão e em Taiwan no ano passado. Como foi a reação do público de lá?

WH: Para ser sincera, eu não consegui entender a quantidade de amor que recebemos no exterior. Já que vimos ao vivo, eu, agora, entendo que há muitos fãs que nos amam. Passando pelas fronteiras do país, eu estou realmente curiosa para saber por que eles gostam tanto da gente. É fascinante. (Ri)

MB: Foi incrível. Apesar de nosso idioma ser diferente, eu achei engraçado que eles todos entenderam nossos improvisos. Graças a eles, eu ganhei muita energia. Se tivermos a chance, eu gostaria de visitar mais países no futuro.

P: Qual sonho vocês pretendem realizar no ano que vem?

MB: Turnê mundial. Essa é a primeira vez que digo isso desde o debut… Mas quando eu estava no ensino médio, meu sonho era me tornar uma “Estrela Mundial”. (Todos riram) Eu espero que nossa música possa ser ouvida por muitas pessoas através dos nossos concertos.

SL: Primeiramente, no geral, eu desejo fazer tipos diferentes de música e conquistar outro ano de crescimento. Para ser especifica, assim como a Moonbyul disse, eu quero fazer mais shows. Eu quero ouvir as pessoas dizendo “O show do MAMAMOO é um show que você precisa ir”.

HwaSa: É nosso 5º ano, então eu espero que esse seja um ano em que nossos membros possam mostrar muito de suas próprias habilidades.

WH: Eu espero que o MAMAMOO, como um grupo, e cada membro como artistas, sejam capazes compreender a suas posições. Eu também quero ampliar minhas promoções em várias áreas.

SOLAR

P: Qual são seus planos para o novo ano?

SL: Viver diligentemente! Eu trabalhei muito no ano que passou também, mas há coisas das quais me arrependo e lamento. Nesse ano, eu tentarei viver diligentemente e sem arrependimentos.

P: O que o seu projeto de remakes “Solar Emotions” significa para você?

SL: Um projeto com músicas que amo, músicas que significam muito para mim e que eu quero cantar de novo.

P: Qual outra música você deseja recriar através do “Solar Emotions”?

SL: Tem muitas. A música que vem na minha mente agora é a “Around Thirty”, de Kim Gwang Suk. É uma música que eu gosto muito. Gostaria de canta-la um dia.

P: Como líder, quando é que você se sente mais grata aos membros?

SL: Nós estamos juntas por quase 8 anos, desde a época de trainee. De lá para cá, eu sou sempre grata por elas terem confiado em mim e me seguido por todo esse tempo.

 

MOONBYUL

P: Qual são seus planos para o novo ano?

MB: Abrir a minha mente! Eu farei 27 anos. Durante todo esse tempo, eu desenvolvi hábitos e criei um molde para mim mesmo. No ano que está por vir, eu desejo ir quebrando esse molde pouco a pouco.

P: Para o “Rei da Procura” Moonbyul, o que “procura” significa para você?

MB: Sempre que me apresento em eventos ou apareço em transmissões, eu fico curiosa sobre a reação dos fãs, então eu comecei a procura-los. Através disso, eu aprendi novas palavras e gírias também. É interessante, então eu venho monitorando bem. (Ri)

P: Qual a gíria mais legal atualmente?

MB: “제곧내”. Inicialmente, eu pensei que significava “Eu vou descer em breve”. (Ri) Mas descobri que, na verdade, significa “O título diz tudo”. (Para a equipe em volta) Vocês não acham isso muito extravagante?

P: O que “Girl Crush” significa para você?

MB: Uma palavra que me fez conhecida para o mundo? Não significa apenas “Uma mulher legal que faz outras mulheres se encantarem por ela”. Há um fardo e uma responsabilidade que acompanha quando se é uma mulher naturalmente legal.

WHEEIN

 

P: Qual são seus planos para o novo ano?

WI: Colocar meus planos em ação e realiza-los! Eu estou em um estado que meu senso de conquista está seco. (Ri) Consequentemente, há horas que fico entediada. Se tiver algo que me interesse, mesmo que um pouquinho, eu quero tentar e experimentar a satisfação através disso.

P: O que te interessa ultimamente?

WI: Eu quero aprender a tocar um instrumento. Primeiro, eu gostaria de aprender a tocar violão… Eu quero ter meu próprio estúdio também. É meu sonho poder fazer música e também desenhar em um local assim.

P: O que você quer desenhar?

WI: Coisas relacionadas à música? Sem restrições de gênero ou tema, eu quero desenhar livremente e combinar isso com a música. Para isso, eu quero conseguir ir a exposições com frequência também.

P: Quem é seu pintor preferido?

WI: Jean-Michel Basquiat (22.12.160 – 12.08.1988). Os trabalhos dele estão na moda até mesmo agora. Eles são conhecidos por serem coloridos e vívidos. Eu fiquei profundamente impressionada com ele.

HWASA

P: Qual são seus planos para o novo ano?

HS: Cuidar melhor da minha saúde! Antes, meus objetivos sempre eram trabalhar duro em tudo, mas agora, eu fico doente em época que não deveria, então eu entendi a importância da minha saúde. (Ri) Eu espero que os membros cuidem bem de suas saúdes também.

P: Você tem sido amado por usar maquiagem pesada. Que tipo de dicas de maquiagem você tem para o ano que vem?

HS: Maquiagem apontada. (?) O delineador básico se destaca da cor dos seus lábios. Eu sou do tipo que usa batom vermelho para combinar com delineadores rosa-claro.

P: Como é viver como a maknae do MAMAMOO?

HS: Uma vida luxuosa… Que-não-parece-de-maknae? Eu vivo sem sentir que sou a maknae. (Ri)

P: O que te faz ser mais grata aos membros?

HS: Quando elas mandam mensagens aos meus pais para perguntar como eles estão. Eu sou grata quando elas os tratam como seus próprios pais.

• kr-eng: tgc
• eng-ptbr: Raih | MAMAMOO Brasil